Noticias

Em defesa do meio ambiente

 A deputada federal Erika Kokay (PT-DF) participou de reunião com a presidente do Instituto Brasília Ambiental (IBRAM), Jane Vilas Bôas, na tarde desta segunda-feira. O objetivo do encontro foi discutir a necessidade de adoção de políticas voltadas para a revitalização, o uso e a ocupação do Parque Ambiental do Bosque, em São Sebastião. Também participaram do encontro representantes do Movimento Cultural Supernova, Paulo Dagomé, Isaac Mendes e Nilmar Paulo, e o chefe de gabinete da Administração Regional de São Sebastião, Keves Fernandes.

 

A demanda já havia sido apresentada à gestão anterior do IBRAM, em 2014. Naquela ocasião, o então presidente Nilton Reis informou que a área estava incluída no catálogo de parques do Distrito Federal a serem revitalizados. No entanto, o local continua abandonado. Em visita ao parque no último domingo, durante evento promovido por artistas e produtores culturais do Movimento Supernova para chamar a atenção das autoridades para a necessidade de investimentos no espaço, a deputada Erika constatou vários problemas que dificultam a utilização do parque pela comunidade. As principais são mato alto, falta de iluminação e de lixeiras, além de depredação de placas de identificação visual.

 

Seminário – A nova presidenta do IBRAM afirmou que a discussão sobre políticas públicas de meio ambiente e de recursos hídricos no DF, bem como sobre ações de recuperação, manejo e manutenção dos parques, será feita ainda neste primeiro semestre durante um grande seminário que envolverá as administrações regionais e os respectivos gestores. Na oportunidade, serão traçados planos e metas de preservação para essas áreas.

 

Atualmente, o DF conta com 73 parques criados por decretos. A maioria deles ainda não foi totalmente implantada nem possui equipamentos que proporcionem opções de lazer ou visitação aos moradores. Os que estão em funcionamento necessitam de uma série de melhorias.

 

A deputada Erika Kokay, assim como os representantes da Administração de São Sebastião e do Movimento Supernova, solicitaram que o IBRAM realize uma força-tarefa no parque do Bosque ainda nesta semana para identificar in loco os problemas mais pontuais, como a necessidade de poda, roçagem, iluminação, identificação visual, policiamento, entre outros. Dessa forma, serão definidos os papéis dos diversos órgãos governamentais na preservação de uma área de relevante valor ambiental e social para os moradores, mas que está abandonado pelo Poder Público.